28 sinais de que seu cão está estressado ou ansioso (e o que fazer a respeito)

Ninguém gosta de se sentir ansioso - incluindo seu cachorro. Mas, infelizmente, seu cão não pode falar para lhe dizer quando está estressado, então ele pode apenas ter que sofrer em silêncio.

O estresse e a ansiedade caninos podem parecer inofensivos, mas eles podem causar sérios problemas de saúde e problemas de comportamento se não forem verificados . Portanto, é importante tratar o seu cão estressado imediatamente, para garantir que ele permaneça saudável e feliz.



Descubra os sinais de ansiedade canina conosco abaixo e veja como você a vence.


TABULA-1


Sinais de que seu cão está estressado: principais pontos de vista

  • Estresse e ansiedade podem fazer com que seu cão se sinta podre e causar sérios problemas de saúde.
  • Como os cães não podem nos dizer quando estão estressados ​​ou ansiosos, os donos precisam aprender a identificar alguns dos sinais e sintomas de estresse.
  • Há uma variedade de coisas que você pode fazer para ajudar seu cão estressado a se sentir melhor, incluindo exercícios, mais tempo de colagem e roupas de compressão, entre outros.

A importância de lidar com o estresse e a ansiedade do cão

Seu cão experimenta os mesmos altos e baixos que você quando está estressado ou ansioso. Seu coração pode disparar, ele pode ter uma dor de barriga, ou seu instinto de luta ou fuga pode disparar através do telhado.

Deixar esse estresse desmarcado pode ter ramificações sérias , conforme o corpo passa por mudanças radicais durante episódios de estresse ou ansiedade que você não consegue ver.



Embora seu doggo possa não parecer muito incomodado por fora, por dentro pode ser uma história diferente, com respostas físicas como:

  • Frequência cardíaca e respiratória elevada
  • Desviar glicose e proteína de sistemas essenciais para alimentar os músculos do corpo em preparação para uma resposta de luta ou fuga
  • Má digestão

Essas mudanças internas podem causar efeitos colaterais físicos, incluindo:

  • Aumento da micção e / ou defecação (às vezes diarreia)
  • Mudanças de apetite
  • Pupilas dilatadas
  • Imunidade reduzida
  • Tremendo
  • Excesso de baba ou espuma na boca

Como o estresse e a ansiedade podem afetar seriamente o seu filhote, você deve aprender a identificar os sinais de estresse para evitar desconforto e problemas de saúde a longo prazo.



cachorro sofrendo de ansiedade

28 sinais de que seu cão está estressado ou ansioso

Embora seu doggo não consiga puxar uma cadeira e dizer o que o está incomodando, ele pode dar uma dica de como está se sentindo por meio de sua linguagem corporal e comportamento.

Fique atento a estes sinais de ansiedade do cão:

1. Incapacidade de se estabelecer e relaxar

Se seu cão não consegue relaxar e sempre parece nervoso, ele pode estar estressado ou ansioso. Doggos que não conseguem se acomodar podem recuar a cada som ou acordar frequentemente do sono.

Mesmo deitado, um vira-lata estressado pode ter olhos grandes e alertas e uma postura corporal tensa.

2. Ritmo


TABULA-2

Cães ansiosos podem andar pela casa ou quintal indefinidamente, seja trotando sem rumo ou checando os mesmos pontos repetidamente.

Seu cão estressado também pode verificar sua janela favorita mais do que o normal ou vagar pelo perímetro da casa mais do que normalmente.

cachorro olhando pela janela

3. Agitação

Ansiedade e estresse às vezes podem se manifestar na forma de tremores ou tremores de corpo inteiro . Isso pode ser alarmante, mas observe que os cães também tremem de excitação - qualquer onda de emoção pode provocar uma reação de tremor.

Como pode ser difícil distinguir o tremor de excitação do tremor de ansiedade, discuta qualquer tremor com seu veterinário para descartar problemas médicos.

nomes inuítes para cachorro

4. Congelamento no local

Às vezes, você pode notar seu cão caminhando sem se importar, antes de congelar de repente, com um corpo rígido.

A quietude súbita é um sinal de que seu cão sente necessidade de ser excessivamente cauteloso, o que pode indicar estresse ou ansiedade. Este é o seu cachorro avisando que não se sente seguro ou confiante.

5. Postura incomum

Semelhante ao congelamento, um pupper ansioso pode sentar-se ou mover-se com uma postura curvada ou desajeitada. Ele pode parecer tenso ou contorcido, pois alguns cães tentam se encolher em uma postura defensiva.

postura de cachorro nervoso

Posturas estranhas também podem ser um sinal de lesão ou doença, então fique atento para sinais de dor como ganindo ou mancando.

6. Mostrando suas gengivas


TABULA-3

Muitas vezes descritos como rosnando ou mesmo sorrindo por alguns, cães estressados ​​podem torcer os lábios para revelar suas gengivas e dentes. Este também é um precursor para beliscando ou morder, então dê bastante espaço ao seu cão se ele apresentar esse comportamento.

cachorro rosnando

Observe que os cães também podem revelar seus dentes enquanto abanam o rabo alegremente (o que geralmente não é um sinal de estresse).

7. Orelhas achatadas ou rígidas

A linguagem corporal é uma ferramenta poderosa para aprender como seu cão está se sentindo, e as orelhas são como indicadores de mudança de direção que podem indicar o humor do seu cão .

Se seu cachorro tem as orelhas para trás, ele pode estar tentando dizer que está estressado ou chateado.

cachorro com orelhas achatadas

8. Escondendo

Esconder-se debaixo da mobília ou da cama pode ser um sinal revelador de ansiedade. Este é um método de autopreservação em que seu cão se esconde de uma ameaça percebida.

Esconder-se também pode ser um sinal de doença ou lesão, então preste muita atenção à condição geral do seu cão, pois pode ser hora de uma consulta no veterinário.

cachorro escondido debaixo da cama

9. Patas suadas

Os cães não suam muito, mas suam dos pés. E quando estressados, eles podem suar muito mais do que o normal. Se você notar que seu cão está deixando rastros de suor pela casa em um dia frio, ele pode estar estressado.

Patas suadas também podem ser um sinal de aumento da temperatura corporal, portanto, você pode querer meça a temperatura dele e entre em contato com seu veterinário para descartar doenças.

estresse causa patas suadas

10. Vocalizações estranhas ou frequentes

Latido incômodo é prevalente em cães que sofrem de ansiedade de separação, mas choramingar, rosnar e uivar também podem indicar que seu cão está estressado.

Pode ser difícil para os ouvidos, mas é assim que seu cão está expressando seu desagrado para o mundo, e ele conta com você para ouvir.

11. Cauda dobrada

A cauda do seu cachorro diz muito sobre como ele está se sentindo. Uma cauda dobrada é um sinal de que seu cão está com medo ou inseguro. Se seu cão tem o rabo dobrado, proceda com cautela e mantenha um tom agradável para ajudar a acalmá-lo.

cachorro com rabo enfiado

12. Mastigação destrutiva

Cães sofrendo de ansiedade de separação muitas vezes expressam-se por meio de um comportamento destrutivo, como mastigar. Este é o seu cão expressando sua frustração e aliviando o estresse acumulado.

mastigação destrutiva

A mastigação destrutiva não é apenas cara em termos de reparos que você enfrentará, mas também pode ser perigosa se seu filhote colocar a boca em algo prejudicial. Algum treinamento de caixa e um brinquedo duro para roer pode ajudar a manter seu cão (e sua casa) seguro.

13. Coçar

Um vira-lata estressado pode se coçar, mesmo que não esteja com coceira. Pode parecer estranho, mas, como mastigar, coçar libera um pouco do estresse preso que o está deixando louco.

Coçar excessivo pode levar à perda de cabelo e irritação da pele, e também pode ser um sinal de problemas de pele , então ligar para o seu veterinário não é uma má ideia.

14. Buscando Atenção

Quando você está se sentindo pra baixo, você quer um pouco de amor extra, e seu cachorro não é diferente. Um cão estressado pode começar a pular em seu colo ou encostar-se em você constantemente. Essa é a sua maneira de buscar conforto.

15. Hipervigilância

Um cão estressado ou ansioso pode estar de guarda 24 horas por dia, 7 dias por semana, sem nenhuma explicação. Ele pode patrulhar repetidamente a casa ou latir a cada barulho como se estivesse em guarda.

Isso não só pode tornar a vida com seu policial pupper complicado, mas também pode estressar excessivamente seu doggo devido ao pedágio que a hipervigilância exerce sobre ele.

16. Babando

Um cão ansioso pode produzir saliva em excesso, resultando em salivação ou espuma nos cantos da boca. Esta não é apenas uma situação complicada pela casa, mas também pode ser um problema de higiene com cachorros de cabelo comprido que pode desenvolver esteiras ou pontos quentes do excesso de umidade.

Babar também pode ser um sinal de várias condições de saúde, tornando a consulta com o veterinário uma obrigação se ela aparecer ao acaso.

17. Comportamentos auto-calmantes

Um cão estressado tentará se acalmar da maneira que puder. Isso inclui bocejar excessivo, lamber os lábios ou espirrar.

tigelas de cachorro e carrinho

Pode parecer um pouco engraçado para nós, mas estes sinais calmantes são a maneira de seu cão dizer a uma ameaça percebida que ele é inofensivo, fazendo com que ele se sinta mais no controle.

18. Comportamentos de deslocamento intenso

Os comportamentos de deslocamento são comportamentos normais que ocorrem em momentos estranhos ou incomuns. Por exemplo, um cão ansioso pode cuidar de si mesmo incessantemente quando normalmente estaria brincando.

Assim como a mastigação destrutiva pela casa, os comportamentos de deslocamento são a maneira do seu cão de redirecionar o estresse.

19. Problemas de banheiro

Um dos sinais de estresse mais confusos (e mais frustrantes) pode ser problemas com penico. Isso pode incluir urinar ou defecar inadequadamente dentro de casa. Um cão estressado também pode sofrer de episódios de diarréia inexplicada.

Problemas com o banheiro justificam uma ida ao veterinário, especialmente se houver diarreia, pois você deseja descartar problemas de saúde.

20. Derramamento repentino

Enquanto todos os cães eliminam, uma mudança nos hábitos de eliminação pode ser um indício de que seu filhote está estressado. Um início súbito pode ocorrer fora de sua estação normal de muda ou pode incluir um aumento aleatório de ervas daninhas ao redor da casa.

portões de cachorro com porta
estresse causa derramamento

Um aumento na eliminação também é um sinal de várias condições de saúde, tornando a consulta no veterinário uma boa ideia.

21. Vômito

Como a sensação de confusão que você pode ter antes de um grande evento, seu cão pode sofrer de náuseas e vômitos por causa do estresse. Esta situação complicada pode ocorrer durante uma mudança na rotina, como um passeio de carro ou viagem veterinária , enquanto outros cães podem jogar seus biscoitos se o ambiente for alterado.

Porque o vômito pode levar a desidratação , e pode indicar um problema de saúde subjacente, entre em contato com seu veterinário se for mais do que um evento raro.

22. Desamparo Aprendido

A exposição repetida a uma situação negativa pode causar uma condição conhecida como desamparo aprendido.

Essencialmente, desamparo aprendido ocorre quando seu cão se sente incapaz de controlar o resultado de uma situação, então ele se fecha e se recusa a executar um comando ou habilidade.

Esta é uma reação de medo e pode ser o resultado de abuso ou táticas de correção severas.

23. Agressão

Pode ser alarmante para seu cão ficar mal-humorado ou rosnar com você, mas pode ser porque ele está se sentindo ansioso.

Agressão de medo surge quando um cão perde a confiança, o que a ansiedade e o estresse podem aumentar exponencialmente.

Se você notar uma mudança repentina no temperamento do seu cão, é importante manter a calma (para evite ser mordido ) e marque uma consulta com o veterinário para descartar uma causa médica.

24. Mudanças nos olhos

Assim como orelhas, os olhos são um indicador importante de como seu cão está se sentindo , e olhos de baleia andam de mãos dadas com a ansiedade e o estresse.

olhos de baleia

Olhar de baleia é um termo para descrever quando o branco dos olhos do seu cão está visível, causado pelo seu cão inclinar a cabeça, mas mantendo os olhos fixos em um item.

A observação de baleias é um aviso de que seu cão está com medo, então proceda com cuidado para evitar uma mordida.

25. Mudança nos hábitos de sono

Um cão estressado pode experimentar mudanças significativas em seu padrão de sono. Ele pode dormir com mais frequência ou ter problemas para dormir. Desde dormir é uma parte essencial da rotina do seu doggo , a mudança pode ser debilitante.

cachorro dormindo

O sono excessivo pode levar à rigidez, obesidade e depressão, enquanto um falta de dormir pode piorar a ansiedade. Você deve entrar em contato com seu veterinário se notar que seu cão está dormindo muito ou pouco de repente.

26. Baixa energia

Se seu filhote parecer desmaiar cedo durante as brincadeiras ou caminhadas, ele pode estar lidando com uma ansiedade latente. Os cães expelem energia internamente quando estressados, o que pode deixá-lo se sentindo cansado mais rápido do que o normal.

27. Retirada da interação

Semelhante à depressão, estresse e ansiedade podem resultar em um cão que resiste à interação com a família e outros animais de estimação, incluindo seus amigos caninos.

Por exemplo, seu cão pode parar repentinamente de cumprimentá-lo na porta ou de sentar-se com você no sofá. Seu filhote pode estar menos interessado em suas massagens favoritas na barriga e nas sessões de brincadeira também.

28. Falta de apetite

Os cães que passam por estresse ou ansiedade podem perder repentinamente o interesse pela comida e até mesmo torcer o nariz para suas guloseimas favoritas quando oferecidas. Esta redução do apetite pode ser gradual, com uma inquietação repentina, ou rápida, com o seu cão recusando totalmente a comida.

Uma vez que a recusa do alimento também pode ser um sinal de problemas médicos, entre em contato com o seu veterinário.

cachorro perda de apetite

Fontes comuns de estresse em cães

Para tratar o estresse e a ansiedade do seu cão, você precisa primeiro identificar a causa. Muitas coisas podem desencadear o estresse de seu filhote, incluindo:

  • Barulhos altos - PARA trovoada, fogos de artifício , ou a construção pode causar estragos nos nervos do seu cão. Felizmente, você pode implementar algumas mudanças em casa para ajudar seu cão a permanecer calmo quando cercado por barulho excessivo.
  • Mudanças na situação de vida - Mover-se pode ser compreensivelmente difícil para seu amigo de quatro patas, mas também mudanças menores, como reorganizar sua casa ou comprar móveis novos.
  • Mudança na composição da família - PARA novo bebê , animal de estimação ou cônjuge pode alterar o ritmo de sua casa e fazer seu cão se sentir inseguro quanto ao seu papel na matilha.
família muda cachorro estressado
  • Punição - O uso de correção severa pode não apenas levar ao estresse e ansiedade caninos, mas também resultar na regressão do comportamento. Por mais frustrante que seu cão possa ser às vezes (como quando ele tilintou em seu tapete favorito), é importante manter uma atitude positiva. Uma correção verbal firme é adequada, mas nunca bata ou grite com seu cão.
  • Novas coisas - Associado a mudanças na situação de vida, um novo item em casa pode despertar medo ou ansiedade em um pupperoni sensível. Você pode adorar, mas seu filhote pode se sentir sobrecarregado com a aparência e o cheiro do seu novo conjunto de sala de estar.
  • Separação - Sendo deixado sozinho pode causar estresse para muitos cães. Também não precisa ser um longo período de tempo. Alguns filhotes sentem a necessidade de acompanhar seu pai de sala em sala ou ficam ansiosos.
  • Sem saída para comportamentos de raça padrão - Os cães devem ser autorizados a ser cães. As raças são projetadas para certas tarefas e impedi-las de fazê-las pode levar ao estresse. Por exemplo, no fundo, um bassê é um escavador e precisa liberar esse instinto em algum lugar. Pode não ser o seu canteiro de flores, mas uma caixa de areia é uma ótima ideia.
  • Invasão do Espaço Pessoal - Nem todo cão fica feliz em compartilhar seu espaço com humanos ou outros caninos. Se seu cão sentir que seu domínio está sendo invadido, ele pode começar a exibir sinais de estresse.
  • Mudanças na rotina - Trabalhar em um novo turno ou adicionar mais tarefas ao seu dia-a-dia também pode ser difícil para o seu filhote. Como você é o mundo dele, uma mudança nos horários das refeições ou caminhadas pode ser estressante.
  • Conflitos de relacionamento - Brigas entre cães podem levar à ansiedade, assim como um relacionamento difícil com alguém da casa. Se seu cão tem medo de homens, por exemplo, ele pode ficar ansioso com os homens da casa. Seu cão também pode absorver o estresse do relacionamento se você e alguém da casa estiverem discutindo.

Como reduzir o estresse ou ansiedade do seu cão

Reduzir o estresse do seu pupper e minimizar os gatilhos não é tão difícil quanto você pensa. Para aliviar o estresse do seu cãozinho, você pode tentar uma série de coisas, como:

  • Visite o seu veterinário - Uma condição médica subjacente pode causar ansiedade e estresse. Verificar com o seu veterinário para descartar esses casos é um bom primeiro passo.
  • Dessensibilização - Se a ansiedade for causada por uma mudança permanente na família, como um novo membro, você precisa tentar ajustar seu cão à situação, trabalhando em dessensibilização . Ao trabalhar com seu cão para superar seu medo, você está lentamente instilar confiança . Apresentar lentamente o gatilho ao seu cão ajuda a torná-lo menos assustador, vencendo a ansiedade e o estresse. Este é um processo gradual e um treinador profissional pode ser sua melhor aposta se a aversão do seu cão for severa.
  • Contra-condicionamento - Ligado à dessensibilização está contra-condicionamento - o ato de reprogramar como seu cão reage a uma situação. Usar guloseimas é uma boa maneira de inverter a ansiedade de um gatilho com uma recompensa. Por exemplo, se o seu cão experimenta ansiedade em torno das consultas com o veterinário , traga guloseimas para a viagem de carro, sala de espera e exame para ajudar a associar a experiência antes negativa a uma experiência positiva.
  • Jornal para identificar estressores - Determinar o que exatamente incomodou seu quatro pés pode ser complicado, mas acompanhar os comportamentos é uma ótima maneira de descobrir o que está acontecendo com ele. Observar o comportamento, o tempo e as ações ou movimentos anteriores ajuda a diminuir as possibilidades. Por exemplo, pode ser a visita do paisagista que o desencadeia, enquanto outros cães podem pirar com o carteiro.
Diário para descobrir o cão
  • Massagem - Um cão irritado provavelmente está tenso da cabeça aos pés. Ajude-o a relaxar esfregando suavemente suas costas, ombros ou quadris. O ato do toque pode ser incrivelmente calmante, especialmente se o seu cão estiver tendo dificuldade em se acomodar. Dito isso, se seu cão está passando por um surto de agressão, este não é o remédio adequado.
  • Tempo de ligação - Passar mais tempo cara-a-cara com seu cão não apenas fortalece seu vínculo, mas também o ajuda a se sentir mais confiante. Para cães que lutam com uma mudança em sua rotina, esse momento é crítico. Experimente fazer uma caminhada diária extra ou se inscrever em um esporte canino de que ambos possam gostar.
  • Escovar (se o seu cachorro gostar) - Assim como a massagem, a escovação pode ajudar seu cão a relaxar, pois imita suas carícias e arranhões favoritos. É importante não forçar a escovação em um cão que não gosta, pois isso pioraria sua ansiedade.
exercício ajuda o estresse canino
  • Interação Remota - Interromper o dia e verificar seu filhote é possível com a tecnologia de hoje, onde os dispositivos incluem câmeras de animais de estimação com interação de voz e distribuidores de guloseimas sob demanda. Essa sensação de você em casa, mesmo quando você não está lá, pode ser uma presença calmante para seu cão.
  • Roupas de compressão - Uma camisa justa pode aliviar o estresse. Estas peças se ajustam perfeitamente ao corpo (não ao pescoço !!!) e dão ao seu cão uma sensação de conforto. Comumente chamados de Thundershirts por causa de seu uso durante tempestades, você pode facilmente faça sua própria camisa Thunders em casa.
  • Medicamento - Alguns cães podem precisar de medicamentos para aliviar sua ansiedade. Medicamentos para ansiedade incluem opções de prescrição e de venda livre e devem ser discutidas com seu veterinário antes do uso.
  • Barulho de fundo - Tocar música suavemente ou deixar a televisão ligada pode ajudar a bloquear ruídos que causam estresse, como construção ou outros latidos de cães. O som pode imitar as pessoas que estão em casa também, fazendo com que ele se sinta mais seguro.

***

Você usa algum desses métodos para ajudar seu doggo a relaxar? Tem algum outro truque na manga? Deixe-nos saber nos comentários.

Artigos Interessantes